Sistema CFA/CRAs atua para impedir exercício ilegal da profissão

Sistema CFA/CRAs atua para impedir exercício ilegal da profissão

“Por meio de nossas plataformas digitais, quero tratar de um assunto que convém não somente aos profissionais de Administração, mas para toda sociedade brasileira.  Defendo com veemência e primazia o exercício legal da profissão – sob a fiscalização dos Conselhos Regionais de Administração. Juntos, colaboramos em prol de uma boa gestão – e não seria diferente. Atuamos para impedir que práticas ilegais provoquem riscos para sociedade, empresas e instituições, e isso desenvolve a eficiência em torno da área e ressalta a importância de defender o que é nosso: o exercício privativo da profissão no mercado de trabalho. 

Zelamos pela Lei 4.769, e fiscalizamos a profissão na ocupação de cargos voltados a quem realmente integra o Sistema CFA/CRAs: os profissionais de Administração. A transparência das ações relacionadas à fiscalização – dos últimos três anos – reflete o  trabalho desenvolvido pelos Regionais. Em todo o Brasil, a média anual de fiscalização orientativa e “in loco” de pessoa física chega a quase 4.100 verificações contra o ato de administrar sem o registro profissional. 

Na mesma linha, fiscaliza-se também a pessoa jurídica, e o saldo ultrapassa os cinquenta e seis mil inspeções. Enquanto conversamos por aqui, mais fiscalizações acontecem nos 26 estados do Brasil, mais o Distrito Federal. Precisamos estar juntos – lutando dia a dia – pelo o que é nosso por direito e legalidade. Somos profissionais de Administração e devemos nos orgulhar disso!

Nós, da Administração, somos vocacionados pela gestão profissional. Não nos importa se é pública ou privada: disso nós entendemos! Contem com a casa da Administração para uma profissão mais atuante e revolucionária; e contem comigo no trabalho incansável pelo bem da nossa área. É um compromisso!”

Mauro Kreuz, 
presidente do Conselho Federal de Administração 

 

Fechar Menu