Presidente do TCE-MT, conselheiro Antonio Joaquim recebe membros do Conselho Regional e Federal de Administração (CRA-MT)

Presidente do TCE-MT, conselheiro Antonio Joaquim recebe membros do Conselho Regional e Federal de Administração

Em reunião entre os membros dos Conselhos Regional e Federal de Administração e o presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), Antonio Joaquim, ocorrida nesta quinta-feira (18.02), foram apresentadas propostas de parcerias institucionais em prol da gestão pública.

O presidente do TCE destacou a capacitação voltada à preparação de agentes políticos que deverão participar das eleições municipais

No encontro foram mostrados diversos projetos e programas desenvolvidos pela Corte de Contas que influenciam diretamente nos trabalhos de gestores municipais e estaduais. Dentre eles, destacou-se o Programa de Desenvolvimento Integrado Institucional (PDI), que promove o desenvolvimento integrado e permanente das instituições públicas fiscalizadas pelo TCE-MT, a partir da transferência de conhecimento, tecnologias e boas práticas de gestão. Na oportunidade, o presidente Antonio Joaquim destacou a capacitação que será promovida pelo TCE-MT, em parceria com o Ministério Público Estadual e o Tribunal Regional Eleitoral, voltada à preparação de agentes políticos que deverão participar das eleições municipais.

Para Antonio Joaquim, existe a possibilidade de que os Conselhos participem da execução dos programas, enriquecendo sob a perspectiva da Administração o conteúdo das capacitações. “Entendo que parcerias com os Conselhos seriam importantes, sobretudo, quanto ao PDI no que tange ao Planejamento Estratégico que poderiam nos ajudar na execução do programa”, pontuou.

Sebastião Mello, presidente do Conselho Federal de Administração

De acordo com o presidente do Conselho Federal de Administração, Sebastião Mello, os programas desenvolvidos pelo TCE-MT refletem o comprometimento da Instituição com a sociedade. “Os indicadores compilados pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso e o acompanhamento dos municípios que participam do PDI refletem números fantásticos. São 5.570 prefeituras no Brasil, e o Poder Executivo está mais próximo das necessidades das populações, então, fortalecer estes gestores refletem na produção de serviços de qualidade”, concluiu.

Os indicadores compilados pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso e o acompanhamento dos municípios que participam do PDI refletem números fantásticos.

A colaboração entre os Conselhos e o TCE-MT também deve ocorrer por meio de produção de cartilhas, que serão distribuídas aos conselhos municipais e gestores públicos fiscalizados. “Há seis anos, nós desenvolvemos uma cartilha sobre a lei de responsabilidade fiscal com foco gerencial, de forma muito didática. Então, estamos conversando com o conselheiro Antonio Joaquim para reeditar esse volume de conteúdos para nova distribuição, tendo em vista que nós teremos uma nova eleição e novos gestores no próximo ano”, afirmou o presidente do Conselho Regional de Administração (CRA-MT), Helio Tito de Arruda.

Também participaram da solenidade, a presidente do Conselho Regional de Mato Grosso do Sul, Gracita dos Santos Barbosa; Luis César de Arruda, diretor de formação do CRA-MT; Ione Macedo de Medeiros Salem, conselheira Federal do Rio Grande do Norte e Diretora da Câmara de Gestão Pública do CFA; e Alaércio Martins, conselheiro Federal do Mato Grosso.Na reunião, o presidente do CRA-MT ainda relembrou a homenagem dada ao conselheiro Antonio Joaquim, que, em 2015, foi reverenciado na categoria Personalidade e recebeu o Jubileu de Ouro em homenagem aos profissionais que contribuíram para o desenvolvimento técnico-científico e social da Ciência da Administração.

 Fonte: TCE/MT
 com adaptações CGP/CFA

Deixe uma resposta

Fechar Menu