Omar Henneman no XVI FIA: “Só tem vantagem quem abre a mente”

Omar Henneman no XVI FIA: “Só tem vantagem quem abre a mente”

O administrador Omar Henneman abriu a programação do segundo dia do XVI Fórum Internacional de Administração (FIA), nesta quarta-feira, 2, com a palestra “O novo administrador liderando a nova economia”. O evento promovido pelo pelos Conselhos Regionais de Administração do Tocantins e do Distrito Federal (CRA-TO / CRA-DF) em parceria com o Conselho Federal de Administração (CFA) acontece em Palmas-TO.

Omar iniciou a palestra contanto uma metáfora sobre o interesse dos japoneses por peixe fresco. “Se você estivesse dando consultoria para a empresa de pesca, qual conselho você daria?”, questionou o conferencista. Colocar um tubarão no tanque com os peixes foi a solução encontrada: os mais fracos morrem, mas os fortes permanecem frescos e motivados o tempo todo.

Segundo Omar, “o Fórum Internacional de Administração está trazendo um tubarão para nadar no tanque de vocês”, disse ele ao público, que lotou o auditório do Centro de Convenções Arnoud Rodrigues.

O palestrante também falou do futuro. Para ele, a palavra é usada em vários sentidos e, inclusive, está desgastada. “Tem gente que não está nem aí para o assunto. Nós podemos duvidar, questionar, difamar, mas não podemos ignorar o futuro. O futuro é hoje, é agora”, avisou.

Em seguida, ele falou das rápidas mudanças que estão ocorrendo no mundo. De acordo com ele, o conhecimento adquirido até o momento não é garantia para se manter atualizado. Essas transformações estão promovendo um novo modelo econômico. Sobre isso, ele foi taxativo: “Tem algo que está batendo na nossa porta – a nova economia”, falou.

Entre as mudanças mais sentidas está, sem dúvida, a forma de se locomover nas cidades. Omar citou aplicativos de transporte e os novos meios de locomoção adotados em grandes cidades como o patinete e a bicicleta. Segundo ele, essas mudanças surgiram da necessidade de agilizar as idas e vindas das pessoas.

“Na verdade, um novo padrão econômico surgiu e precisamos prestar atenção nisso”, disse. Recriar, reaprender e repensar são as dicas do Omar para quem quer estar preparado para a nova economia, pois ela impõe um novo modelo de gestão. “Quem não estiver nesse barco, vai ficar alheio a realidade”, alertou.

Omar, que é administrador, disse, ainda, que essas mudanças são uma grande oportunidade para os profissionais de administração. Ele citou o exemplo de Israel, que criou uma máquina para extrair água do ar. “Isso está resolvendo um problema muito sério de falta de água no mundo”, comentou. 

O pulo do gato

Omar comentou que poderia apresentar outros exemplos. Para ele, o pulo do gato é “desaprender e desenvolver novas capacidades para se manter competitivo. Como chegamos até aqui não garante nosso futuro.”.

Porém, não é preciso zerar todo o conhecimento que foi adquirido ao longo da vida. Ele ensina que é preciso aproveitar essa bagagem e aproveitar o tempo com mais qualidade.  “Não vamos levar nada daqui, a não ser o que vamos deixar de bom”, avisou.

Por fim, Omar comparou o conhecimento como um cofre e disse: “Permita que coisas boas entrem no seu cofre. Só tem vantagem quem abre a mente”, ensinou o painelista.

A palestra foi moderadora presidente do Conselho Regional de Administração do Acre (CRA-AC), Ana Cristina Ferreira de Araújo. Ela foi transmitida pelo CFAPlay. Para conferir a palestra na íntegra acesse www.cfaplay.org.br.

 

Assessoria de Comunicação CFA

Fechar Menu