[ CRA-ES ] CRA-ES adota a filosofia do Pensamento Enxuto

[ CRA-ES ] CRA-ES adota a filosofia do Pensamento Enxuto

Quando você ouve a palavra enxuto o que vem à sua mente? Talvez significados como “sem excessos” ou “otimização de recursos”, certo? Os sentidos sugeridos refletem um pouco da filosofia e método de gestão propostas pelo Pensamento Enxuto, que pretende alinhar dentro das organizações os processos importantes para entregar sempre o melhor produto final para os clientes com menor custo e tempo de produção.

O Conselho Regional de Administração do Espírito Santo (CRA-ES) vislumbrou nessa lógica um caminho seguro para trilhar mudanças que impactem diretamente na qualidade positiva do relacionamento com os Administradores, Gestores, Estudantes de cursos superiores em Administração e fornecedores. Disseminar novos conhecimentos e habilidades que contribuam para o bom desempenho das práticas da Administração faz parte dos objetivos do Conselho. “Nosso objetivo é sempre oferecer o melhor para sociedade e, claro, rever processos e propor melhorias são fundamentais”, pontuou o presidente da autarquia Adm. Hércules da Silva Falcão.

Por isso, na última terça-feira (13), o Adm. Marcelo Lage – formado pelo centro de ensino do Sistema Toyota de Produção da própria Toyota nos Estados Unidos, o Toyota Production System Support Center – TSSC -, conduziu, para mais um grupo de funcionários do CRA-ES, uma etapa de apresentação da filosofia. Na ocasião, ele enfatizou o pilar do Pensamento Enxuto: “o cliente precisa estar em primeiro lugar. Caso contrário, não faz sentido adotar esse método cujo foco é atender a necessidade de alguém”, explicou.

Marcelo Lage reforçou também a importância de considerar que as pessoas são o recurso de maior valor, afinal, partem dos indivíduos as soluções mais valiosas para uma organização. “Pessoas têm capacidade ilimitada. Apenas é preciso lembrar que o tempo de entrega de resultado é diferente para cada um”, acrescentou.

Além disso, ele alocou a metodologia do Kaizen na proposta do Pensamento Enxuto. Para Marcelo, grandes mudanças promovem um declínio de desempenho muito profundo. Por isso, adotar pequenas melhorias que resultarão em um ganho de captura mais rápido, torna o processo menos exaustivo e mais palpável dentro da organização.

Fonte: CRA-ES

Fechar Menu