CRA-AP: Prefeitos participam de Workshop de Gestão Pública

CRA-AP: Prefeitos participam de Workshop de Gestão Pública

Prefeitos, secretários municipais e assessores dos municípios amapaenses participaram do Workshop sobre Gestão Pública ocorrido na manhã desta quarta-feira, 25, no auditório do Tribunal de Contas do Estado do Amapá. O evento foi realizado pelo Conselho Federal de Administração (CFA) e pelo Conselho Regional de Administração do Amapá (CRA-AP) e teve a participação do presidente do TCE, conselheiro Michel Harb; a deputada estadual e administradora Aldilene Souza; a prefeita de Oiapoque, Maria Orlanda que representou a Associação dos Municípios; o prefeito de Porto Grande, José Bessa; o prefeito de Vitória do Jari, Dielson Souza; a presidente da Câmara de Vereadores do município de Santana, professora Helena; e o secretário de Administração do município de Macapá, administrador Michel Miranda.

A presidente do CRA-AP, Herlígenas Araújo fez abertura do evento, agradeceu a parceria com a Ameap e TCE e disse estar muito feliz com a realização do workshop em Macapá, uma vez que “nos dá a oportunidade de contribuir com o desenvolvimento dos municípios e significa mais uma entrega do sistema CFA/CRAs à sociedade amapaense.”.

O presidente do TCE, em seu discurso, parabenizou o Sistema CFA/CRAs pela excelente ferramenta de gestão e pediu à equipe de auditores que conheçam a fundo o IGM-CFA para utilizar nas avaliações de desempenho e posterior orientação aos municípios. “A parceria CRA e TCE é salutar para que possamos elevar o nível da qualidade da gestão pública no sentido de orientar os gestores sobre as boas práticas de gestão dos recursos públicos”, declarou Harb.

O diretor da Câmara de Gestão Pública do CFA, administrador Fábio Macêdo, fez apresentação da ferramenta IGM-CFA e demostrou o ranking com os índices dos municípios amapaenses, nas dimensões finanças, gestão e desempenho.

O IGM-CFA foi elaborado com base em dados de instituições como Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e contempla áreas como saúde, educação, gestão fiscal, habitação, recursos humanos, violência e transparência.

A principal característica do IGM-CFA é permitir visão ampliada sobre dimensões de governança pública, em especial para os âmbitos fiscais, de gestão e desempenho. Ele ainda contém um conjunto de metas a serem atingidas pelo município, detalhados na metodologia adotada para o cálculo do índice.

Segundo Fábio Macêdo, com o IGM-CFA é possível comparar o desempenho de municípios observando suas diferentes realidades, uma vez que a ferramenta permite classificar as cidades por diferentes aspectos, como renda per capita e população. “Ficou mais fácil comparar os iguais com os iguais e os diferentes com os diferentes. Isso permitiu um tratamento e uma análise mais justa”, explicou.

Para o vice-presidente de Relações Institucionais do CRA-AP, Thiago de Paula, a ferramenta será um norteador de políticas públicas e fornecerá informações estratégicas para decisões dos gestores municipais no sentido de melhorar o desempenho da gestão.

Fonte: CRA-AP

Fechar Menu