[ CFA ] Logística pode ajudar no crescimento do país

[ CFA ] Logística pode ajudar no crescimento do país

Assunto foi o tema da Plataforma do Conhecimento, realizado hoje, no CRA-AM

O Brasil é um dos maiores países do mundo em extensão territorial. Por ter dimensões continentais, o país possui muitas particularidades que comprometem um setor importante para a economia brasileira: a logística. O assunto foi o tema da última edição do projeto Plataforma do Conhecimento, promovido pelo Conselho Federal de Administração (CFA) nesta sexta-feira, 23 de junho. O evento aconteceu no Conselho Regional de Administração do Amazonas (CRA-AM), em Manaus, e foi transmitido pelo CFATV.

Com o tema “Logística Nacional:  Desafios e Oportunidades”, o debate foi conduzido pelo Grupo de Excelência em Infraestrutura Logística do CRA-AM. Para o mediador da mesa-redonda, o diretor da Faculdade de Estudos Sociais da Universidade Federal do Amazonas, Adm. Antônio Jorge Cunha Campos, a sociedade que não investe em logística não pode se desenvolver. Ele citou Plano de Investimento em Logística (PIL), criado pelo Governo Federal para modernizar o setor no país, mas ele diz que os resultados ainda não são aparentes. “Não estamos vendo a efetiva aplicação desses recursos”, criticou o professor.

O diretor de Desenvolvimento Institucional do CFA, Adm. Rogério Ramos, também participou do debate. Ele não poupou críticas ao atual sistema logístico do país, mas apresentou sugestões para o setor. “O planejamento, quando se tem, está desconectado com várias áreas. Esse planejamento precisa ser integrado para favorecer, por exemplo, o escoamento de insumos agrícolas. O rio Tocantins poderia, perfeitamente, ser usado para facilitar o transporte de cargas do centro-oeste para o nordeste, já que ele passa pela região de MATOPIBA, mas ao longo de sua extensão não há nenhuma eclusa que permita esse transporte”, explica, citando a nova fronteira agrícola do país formada pelos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, região que deverá produzir, segundo projeções do Ministério da Agricultura, 22,6 milhões de toneladas de grãos daqui a seis anos.

Uma alternativa para melhorar o sistema logístico do país seria, segundo o professor Olavo Tapajós, a criação de um Ministério de Logística com secretarias específicas para cada modal de transporte. Além disso, ele explica que a falta de profissionais qualificados e a burocratização dos processos licitatórios dificultam o crescimento do setor. “É preciso repensar essas regras”, disse.

Conhecer o sistema logístico de outros países é a sugestão apresentada pelo administrador Jhony Fidelis. Durante o debate, ele falou do exemplo da China e também fez críticas ao Brasil. “As decisões no setor logístico no país são isoladas, não há uma sinergia”, pontuou, citando o caso do Amazonas que, por ser uma região diferenciada, é preciso operar com equipamentos diferentes dos usados no sul e sudeste do país. “É preciso preparar a Amazônia para ser o setor forte em logística do país”, afirmou.

Um dos pontos fundamentais da questão logística é o transporte. Hoje, cerca de 70% dos investimentos dos país é voltada para as rodovias. Para os palestrantes, é imprescindível voltar as atenções para as ferrovias e hidrovias, pois o Brasil tem potencial para esses modais. De acordo com o professor Hermes de Oliveira, a logística deve ser integrada e pensada de forma a atender as peculiaridades de cada região. “A hidrovia, por exemplo, é um modal que não está disponível o ano todo em algumas regiões do país. Precisa, portanto, ser pensado cuidadosamente”, esclarece o palestrante.

PBLog – Durante o debate, os palestrantes lembraram do estudo realizado pelo Sistema CFA/CRAs, o Plano Brasil de Infraestrutura e Logística (PBLog). Por quase um ano, a equipe do PBLog, liderada pelo professor Antônio Jorge Cunha Campos, percorreu as regiões do país para debater questões sobre logística brasileira. Desses seminários saíram propostas para a melhoria da infraestrutura brasileira com foco na mobilidade de produtos para o aumento da competitividade nacional e internacional. O resultado do trabalho pode ser conferido no livro “Plano Brasil de Infraestrutura e Logística – Uma abordagem Sistêmica”, disponível para download no site do CFA – www.cfa.org.br.

O debate sobre “Logística Nacional:  Desafios e Oportunidades” está disponível na íntegra no canal do CFATV no YouTube.

Sobre o projeto – A Plataforma do Conhecimento é um programa de debates transmitido ao vivo pelo canal oficial do Conselho Federal de Administração (CFA) no youtube, o CFATV (www.youtube.com/cfatvoficial). O programa é dividido em dois blocos de 30 minutos. Os primeiros 15 minutos de cada bloco são dedicados à explanação e debate do tema. Já os últimos 15 são destinados às respostas de preguntas enviadas para o e-mail cfaadm@gmail.com. Desde 2009, o projeto percorre diversos estados brasileiros para transmitir, por meio de uma didática descontraída, os temas mais relevantes da Administração.

Fechar Menu