[ CFA ] Ferramenta Bigdata potencializará fiscalização no Sistema CFA/CRAs

[ CFA ] Ferramenta Bigdata potencializará fiscalização no Sistema CFA/CRAs

Sistema, que já é adotado pelo CRA-RJ, será implementando em quatro CRAs até o meio do ano

A nova gestão do Conselho Federal de Administração (CFA) trabalha a todo vapor para realizar os projetos previstos no plano de trabalho. Um dos desafios propostos pelo grupo, liderado pelo presidente Wagner Siqueira, é a implementação de uma ferramenta que promete mudar o patamar da fiscalização em todo o Sistema CFA/CRAs.

A princípio, a ferramenta de big data – sistema inteligente para busca de dados – será aplicada nos Conselhos Regionais de Administração de Alagoas, Mato Grosso, Maranhão e Paraíba até julho deste ano. “Ao invés de trabalharmos a fiscalização no varejo, vamos trabalhar no atacado e isso trará muito mais qualidade a todo o processo fiscalizatório”, afirma o presidente do CFA, lembrando que os demais Regionais também terão, até o final do ano, a ferramenta que potencializará a fiscalização.

O CRA-RJ já adota o sistema desde 2015 e, naquele Regional, os avanços na fiscalização foram expressivos. Segundo Wagner Siqueira, a meta é levar para o Sistema CFA/CRAs a experiência positiva vivida no Rio de Janeiro. “A ferramenta certamente racionalizará o tempo, garantirá mais rapidez no processo decisório e de execução. Mas, acima de tudo, permitirá que os gestores trabalharem com mais inteligência e reflexão, pensando melhor sobre as ações, substituindo o tempo de execução pelo de reflexão e a reflexão é o prelúdio da ação”, explica.

A empresa que implementará o sistema big data – a Neoway Business Solutions – esteve no CFA para capacitar os coordenadores da autarquia. Eles conheceram a ferramenta que, entre outras coisas, oferece informações detalhadas de empresas. Isso trará para todo o Sistema CFA/CRAs a inteligência de mercado na gestão de dados e de informações. Wagner garante que isso ampliará as ações de fiscalização de pessoas físicas e jurídicas, possibilitando crescentes aumentos de registrados e receitas no CRAs. “A expectativa, a curto prazo, é um aumento de 5% no número de registrados. A médio e longo prazos, certamente esse número irá dobrar”, projeta.

Ana Graciele Gonçalves

Assessoria de Imprensa CFA

Deixe uma resposta

Fechar Menu