Workshop: boas práticas de gestão auxiliam decisões nos municípios

Workshop: boas práticas de gestão auxiliam decisões nos municípios

Profissionais de Administração iniciam capacitação para diagnóstico dos municípios do Amapá

Os Conselhos Federal e Regional de Administração do Amapá (CFA e CRA-AP) realizaram nesta semana (24 e 25) o Workshop de Gestão Pública para mais de 40 profissionais registrados e em dia com o Regional. O intuito da capacitação – oferecida pela Câmara de Gestão Pública (CFP) do CFA – foi disseminar boas práticas de gestão e oferecer conhecimento para decisões relacionadas aos municípios brasileiros.

O evento realizado no auditório do Tribunal de Contas do Amapá contou a participação da presidente do regional, Herlígenas Araújo, que fez a abertura do Workshop. Em seu discurso, “ela agradeceu a oportunidade de poder contribuir com o desenvolvimento dos municípios e com a sociedade amapaense – em parceria com o Sistema CFA/CRAs”.

O presidente do Tribunal de contas do Estado do Amapá (TCE-AP), Michael Hauat Harb, também esteve presente durante a solenidade. Para ele, as equipes de auditores devem trabalhar e conhecer a fundo as ferramentas disponíveis sobre o desempenho e orientação dos municípios, principalmente o Índice CFA de Governança Municipal (IGM-CFA).

“A parceria entre o CRA e o TCE é para que possamos elevar o nível da qualidade da gestão pública – no sentido de orientar os gestores sobre as boas práticas de gestão dos recursos públicos”, declarou.

Gestão Municipal

O IGM-CFA foi apresentado aos prefeitos, gestores e profissionais de Administração que estavam no Workshop. A ferramenta foi elaborada com base em dados oficiais brasileiros e tem como característica principal o acesso a dimensões de governança pública, em es pecial para os âmbitos fiscais, de gestão e desempenho.

Segundo o diretor da Câmara de Gestão Pública (CGP), Fábio Macêdo, com a IGM é possível comparar o desempenho de municípios observando suas diferentes realidades, já que a ferramenta permite classificar as cidades por diferentes aspectos, como renda per capita e população.

 “Ficou mais fácil comparar os iguais com os iguais e os diferentes com os diferentes. Isso permitiu um tratamento e uma análise mais justa”, explicou.

Outras autoridades também participaram do Workshop como: a prefeita de Pracuúba, Belize Conceição, o secretário de Administração de Macapá, Carlos Michel Miranda Fonseca, a prefeita de Oiapoque, Maria Orlanda, o prefeito de Porto Grande,  José Maria Bessa, a deputada Estadual, Aldilene Souza, o prefeito de Vitória de Jari , Raimundo Alcimar Ney de Souza, a deputada estadual, Aldilene Souza.

Assessoria de Comunicação CFA

Fechar Menu