Vencedores dos prêmios Belmiro Siqueira e Guerreiro Ramos são premiados

Vencedores dos prêmios Belmiro Siqueira e Guerreiro Ramos são premiados

O Conselho Federal de Administração (CFA) realizou, na tarde desta quinta-feira, 7, a entrega da premiação aos primeiros colocados do Prêmio Belmiro Siqueira de Administração 2017 e do Prêmio Guerreiro Ramos de Gestão Pública 2017. A solenidade aconteceu durante o Fórum CFA de Gestão Pública.

A cerimônia contou com a presença do presidente do CFA, Wagner Siqueira; do diretor de Gestão Pública do CFA, Antônio José Leite de Albuquerque; e do diretor de Formação Profissional do CFA, Mauro Kreuz.

Prêmio Belmiro Siqueira de Administração – A estudante de Administração Karina Nunes da Silva Santos foi uma das vencedoras do Prêmio Belmiro Siqueira de Administração. Ela foi indicada pelo Conselho Regional de Administração de Mato Grosso (CRA-MT) e ficou em primeiro lugar na categoria “Artigo Acadêmico” com o artigo “A Valorização Profissional do Administrador na Administração Pública: Um Estudo de Caso na Universidade Federal de Mato Grosso – Campus Cuiabá”. O artigo foi escrito em conjunto com Elba de Oliveira Pantaleão.

Na modalidade “Livro”, o vencedor foi o indicado pelo Conselho Regional de Administração da Bahia (CRA-BA), o administrador Elinaldo Leal Santos. Ele é o autor do livro “Teorias Administrativas Contemporâneas: Diálogos e Convivência”.

Prêmio Guerreiro Ramos de Gestão Pública – A administradora Carla Giani da Rocha, indicada pelo Conselho Regional de Administração de Santa Catarina (CRA-SC), foi a vencedora na modalidade “Gestor Público”.

Na categoria “Pesquisador Guerreiro Ramos”, o trabalho vencedor foi “A tensão entre racionalidade (instrumental e substantiva) em paralelo à forma de cultura organizacional: um estudo de caso em uma escola básica de tempo integral”, de autoria de Christiane Ferreira Bellucci.

Raímme Mayara do Nascimento Souza e Gustavo Amaro Ramos, autores do trabalho “Organização racional do trabalho: teorias presentes no século XXI que influenciam o sucesso empresarial”, são os vencedores da recém-criada modalidade “Jovem Pesquisador Guerreiro Ramos”. Entretanto, apenas Gustavo compareceu a entrega do Prêmio.

Já na nova modalidade do Prêmio Guerreiro Ramos, “Inovação na Administração Pública”, foi vencedor o trabalho “Case: os programas de inclusão socioeducacional da ESPI, qualificação e empregabilidade”, da administradora Luiza Maria Bessa Rebelo.

Fechar Menu