Relatório do CFA sobre o Amazonas é destaque na mídia

Relatório do CFA sobre o Amazonas é destaque na mídia

A mídia repercutiu o estudo-relatório do Conselho Federal de Administração (CFA) utilizando o Sistema CFA de Governança, Planejamento e Gestão Estratégica de Serviços de Água e Esgotos (CFA-Gesae), que aponta que o Amazonas além de não investir em melhorias na prestação dos serviços de saneamento básico, também tem compensado o prejuízo praticando tarifas mais caras.

A reportagem no jornal “D24am” foi publicada de forma online – na editoria Amazonas – e impressa – na editoria Cidades – no último domingo (18). A manchete contempla o grande desperdício de água, além da tarifa-média de Manaus considerada a mais cara do Norte, que chega a quase R$6.

“Enquanto a Região Norte, por exemplo, tem a tarifa-média de R$3,11, a capital Manaus alcança a marca de R$5,28, cerca de 70% a mais. E, que, além de mais da metade da água tratada que entra na rede de distribuição (65%) não tem retorno financeiro e é desperdiçado”, ressaltou o jornalista do “D24am”.

O Relatório do CFA sobre o amazonas também foi destaque na “Rádio do Diário do Amazonas”, principal veículo do Estado. Na ocasião, o presidente do CFA foi entrevistado e falou sobre as taxas tão elevadas na capital amazonense.

Assessoria de Comunicação CFA.

Fechar Menu