Palmas usará CFA-Gesae

Palmas usará CFA-Gesae

A prefeitura de Palmas, no Tocantins, fechou um acordo de cooperação técnica e institucional com o Conselho Federal de Administração (CFA) na última quinta-feira, 5, para utilizar o Sistema CFA de Governança, Planejamento e Gestão Estratégica de Serviços Municipais de Água e Esgotos (CFA-Gesae). A parceria foi acertada durante a Assembleia de Presidentes do Sistema CFA/CRAs no Tocantins e o documento também foi assinado pelo presidente do Regional de Administração do Tocantins (CRA-TO), Eugênio Pacceli.

A ferramenta possui dez áreas-chave e faz a avaliação a partir de setenta indicadores que permitem um diagnóstico de forma detalhada. “É uma contribuição sem nenhum ônus para cidades como Palmas que desejam aprimorar e diagnosticar como vai seu sistema de saneamento, não sob uma perspectiva de engenharia, mas de gestão”, afirmou o presidente do CFA, Wagner Siqueira.

A consultoria gratuita oferecida pela autarquia fará a avaliação do sistema de saneamento da capital, além de capacitar técnicos do município encarregados de atividades inerentes à gestão de serviços municipais de saneamento. A expectativa é de que o relatório final do CFA-Gesae ajude na avaliação e gestão de perdas, da tarifa e até de novos investimentos.

Segundo a prefeita da cidade, Cinthia Ribeiro, Palmas é a primeira capital do País a universalizar a coleta e tratamento de esgoto. “Também por isso vale a pena investir ainda mais em aprimorar números e gestão. Trabalhar com sustentabilidade é totalmente apropriado para o século XXI e tratar isso de forma cuidadosa tem sido algo interessantíssimo pela plataforma e pelo CFA que disponibiliza isso”, disse.

 

 

Assessoria de Comunicação CFA

 

 

Fechar Menu