Ouvir e solucionar problemas faz a diferença nas organizações

Ouvir e solucionar problemas faz a diferença nas organizações

O Conselho Federal de Administração (CFA) encerrou a semana de lives com a participação do conselheiro federal, José Carlos de Sá Colares. Ele falou sobre a importância das ouvidorias para as empresas.

Colares é ouvidor do CFA e, segundo ele, toda empresa deve ter uma ouvidoria com pessoas qualificadas. Para atender com qualidade o cidadão que recorre a esse serviço, a ouvidoria deve estar ancorada nos três pilares: sistema integrado, respeitar a hierarquia e falar sempre a verdade.

Mas, afinal, o que é uma ouvidoria? Colares comentou que esse é um setor da empresa cuja missão é ouvir e solucionar problemas. “As pessoas pensam que o canal serve apenas para denúncia, mas ele também recebe elogios, críticas e dúvidas”, disse o Ouvidor do CFA.

Por meio da ouvidoria, a intenção é promover a melhoria dentro da organização. No caso do CFA, Colares ressaltou que a equipe da ouvidoria da autarquia trabalha para responder às demandas com a maior celeridade possível. Algumas questões envolvem um certo trâmite e, por isso, o conselheiro explica que o tempo de resposta pode levar alguns dias.

Recentemente, o CFA celebrou convênio com a Controladoria-Geral da União (CGU) para a utilização dos Sistemas de Ouvidoria Informatizados, o e-Ouv. Ele foi desenvolvido pelo Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União e pode ser utilizado gratuitamente pelas ouvidorias públicas. Com a ferramenta, o CFA quer melhorar os serviços prestados pela área na autarquia.

Além de fazer  o gerenciamento de denúncias, reclamações e sugestões, o sistema faz o encaminhamento de manifestações entre ouvidorias; controle de prazo; recursos para elaboração de relatórios; integração com outros sistemas que a ouvidoria utilize.

Ana Graciele Gonçalves

Assessoria de Comunicação CFA