Modus Operandi da Gestão de Pessoas está obsoleto

Modus Operandi da Gestão de Pessoas está obsoleto

Não faz sentido definir o que o servidor vai ganhar e o trabalho que ele vai desenvolver ao longo do tempo no momento em que ele ingressa no setor público”, afirmou o professor da Escola Nacional de Administração Pública e analista do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Thiago Bergmann.

O especialista conversou com o CFAPlay, nesta segunda-feira, e falou sobre os principais desafios da área no ADM Entrevista. Os gargalos mais urgentes, segundo ele, passam pelo aumento da produtividade X entrega de resultados; capacitação para novas competências; escolha e desenvolvimento de lideranças; saúde dos servidores e a transformação digital.

Ao ser questionado se os gestores atuais estão preparados para tamanhas transformações, o especialista disse que não. Bergmann fez uma análise do contexto atual, envolvendo contenção de gastos e cortes nos orçamentos e falou da necessidade de capacitação e flexibilização no ambiente de trabalho.

Assista à entrevista, na íntegra, aqui, e confira as dicas, recomendações de conteúdo e contatos do Thiago Bergmann.

O professor também concedeu uma entrevista, exclusiva, à Rádio ADM. O resultado você poderá conferir em breve na Frequência Azul do rádio.

Participe

Nossa próxima entrevista será com o auditor, mestre em administração e editor do Ementário de Gestão Pública , Bruno Affonso. Ele falará sobre “A Gestão de Riscos na Administração Pública” amanhã, dia 29, às 11h.

Os interessados poderão participar, ao vivo, enviando as suas dúvidas para o Whatsapp do CFA no número (61) 99926-0731 e pelas redes sociais: @cfaadm, no Instagram, e facebook.com/CFAADM. 

Assessoria de Comunicação CFA 

  

 

Fechar Menu