Maratona profissional ajuda desenvolver soluções inovadoras

Maratona profissional ajuda desenvolver soluções inovadoras

Veja por que os profissionais e estudantes de Administração devem participar desse tipo de evento

Você é estudante e quer empreender? Já imaginou participar de um evento com profissionais e estudantes de diferentes segmentos, todos dispostos a criar iniciativas inovadoras aliadas com a tecnologia? Então você precisa conhecer os hackathons, iniciativa que está cada vez mais popular no Brasil.

Segundo o professor de empreendedorismo e marketing, Daniel do Prado Pagotto, o hackathon é um evento que reúne pessoas de diferentes perfis para desenvolver soluções em um curto espaço de tempo, como um final de semana, por exemplo. “Durante esse período de imersão, os participantes recebem apoio de treinamentos e mentorias de profissionais mais experientes. Ao final, é realizada uma banca que irá escolher as melhores ideias”, explica.

O coordenador do curso de ADM da UDF, professor Sandson Azevedo

O coordenador do curso de Administração do Centro Universitário do Distrito Federal (UDF), Sandson Azevedo, lembra que o hackathon é uma maratona de inovação que começou focada na área de tecnologia, principalmente em programação e design. Contudo, ele ressalta a importância da presença dos estudantes de Administração. “O aluno pode participar da criação de novos negócios e contribuir com as expertises nessa área”, afirma.

Para Daniel, o hackathon pode agregar muito à formação de um estudante de Administração. O professor comenta que o aluno que participa de um evento deste tipo desenvolve muitas competências sócio-emocionais, como o trabalho em grupo, a resiliência, a iniciativa, a capacidade de aprendizagem em condições de pressão, entre outras. “Além disso, graças aos treinamentos e mentorias, os participantes ainda aprenderão alguns conteúdos e ferramentas que são relativamente recentes no que tange ao ensino de empreendedorismo”, descreve.

Outra vantagem dos hackathons é o networking que ele proporciona. Daniel reforça que os participantes têm contato com mentores experientes, bem como outros competidores de diferentes perfis, interesses e backgrounds. “Portanto, é uma ótima possibilidade para, quem sabe, conhecer um futuro sócio”, sugere o professor.

Como participar?

Antes de mais nada, é preciso verificar se a participação é individual ou em grupo. A maioria das maratonas oferece a segunda opção, pois cada membro da equipe terá uma função: terá o desenvolvedor, o designer, o profissional da área de negócios, entre outros. “É uma experiência incrível e muito rica”, garante Sandson.

Existem inúmeras organizações que realizam hackathons. Alguns famosos que ocorrem no mundo todo são o Startup Weekend e o Nasa International Space Apps Challenge. Instituições públicas também já utilizaram dos hackathons para buscar criar melhorias para a população.

Professor Daniel do Prado Pagoto

A Câmara dos Deputados, por exemplo, realizou a Maratona Hacker cujo objetivo foi desenvolver aplicações para facilitar o acesso da população a informações legislativas. Outro exemplo mais recente é o hackathon on-line que visa criar soluções para ajudar no enfrentamento da pandemia. “Portanto, fique de olho, pois sempre existem hackathons por aí”, alerta Daniel.

Quando estiver no hackathon, o professor comenta que é necessário ter resiliência, paciência e vontade de aprender. “Devido ao caráter imersivo, os participantes mergulham a fundo no problema e constantemente recebem orientações dos mentores e conversam com potenciais usuários das soluções que podem redefinir o rumo inicial da ideia. Portanto, keep calm“, orienta.

Oportunidade

Em maio, aconteceria, em Belo Horizonte-MG, o Fórum de Gestão Pública (Fogesp). O evento, promovido pelo Conselho Federal de Administração (CFA) e pelo Conselho Regional de Administração de Minas Gerais (CRA-MG), foi adiado para 2021 por conta da pandemia da Covid-19.

No Fórum, está prevista para acontecer uma maratona hackathon focada em gestão pública. As melhores práticas serão reconhecidas na “Premiação Hackathon – soluções inovadoras aos problemas reais demandados na Gestão Pública”. 

Fique ligado! As novas datas do Fogesp serão divulgadas no site do CFA.

Assessoria de Comunicação CFA