Gestão que dá certo: o caso de sucesso da RNP

Gestão que dá certo: o caso de sucesso da RNP

Não é novidade que o Brasil vive uma crise política. Na economia, a mais recente greve dos caminhoneiros expôs a dependência do país por um único meio de transporte. A situação poderia ser diferente caso o Brasil investisse em outros modais de transporte, para evitar um apagão logístico ante uma greve que causou o desabastecimento em várias regiões brasileiras. O cenário parece caótico, mas em meio a tanta desordem é possível, sim, identificar as boas práticas de gestão. É o que garante o diretor-geral da Associação Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP-OS), Nelson Simões.

Em palestra proferida no Fórum CFA de Gestão Pública na tarde desta quinta-feira, 7, com o tema “Gestão que dá certo”, Nelson mostrou o caso de sucesso da RNP. A palestra foi mediada pelo presidente do CRA-PI, Rodrigo Ribeiro Costa Cavalcante.

Nelson falou da importância de uma rede de pesquisa e ensino para o Brasil. Isso motivou a criação da RNP. O sistema é formado atualmente por mais de 800 organizações, 50 redes comunitárias e 27 pontos de presença estaduais. A comunidade se forma e se mantém por benefícios que são construídos juntos, com base na confiança e no capital social.

Os resultados da inovação dos serviços e aplicações são vários. Melhor qualidade e menor custo, funcionalidade, colaboração à distância, e identidade e segurança são alguns deles. “A colaboração científica alcança vários países. Aqui está se gerando conhecimento, que vai gerar as ideias que vão melhorar a vida amanhã”, disse.

Para o futuro, a RNP quer trabalhar com o conceito de nuvem acadêmica. Para dar conta disso, a rede vai atuar com infraestrutura escalável e tecnologias de ponta como fibra óptica, estados e provedores regionais, e redes compartilhadas.

Sobre a RNP – A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) provê a integração global e a colaboração apoiada em tecnologias de informação e comunicação, para a geração do conhecimento e a excelência da educação e da pesquisa.

Desde 2002, é uma Organização Social (OS) vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e mantida por esse em conjunto com os ministérios da Educação (MEC), Cultura (MinC), Saúde (MS) e Defesa (MD), que participam do Programa Interministerial da RNP (PI-RNP).

Pioneira em 1992 como rede nacional de acesso à internet no Brasil, a RNP tem como principal incumbência promover o desenvolvimento tecnológico e apoiar a pesquisa de tecnologias de informação e comunicação, criando serviços e projetos inovadores e qualificando profissionais. Para isso, fornece às instituições públicas de pesquisa e de ensinos superior e tecnológico uma infraestrutura de redes avançadas, que viabiliza e facilita a pesquisa colaborativa em diversas áreas do conhecimento. Por meio de aplicações dessa rede, possibilita a realização de projetos e a implementação de políticas públicas nas áreas de tecnologia, educação, saúde, cultura e defesa.

Com o tema “Estratégias transformadoras nas relações entre sociedade e o Estado”, o Fórum reúne especialistas renomados para discutir temas ligados à gestão pública. O evento vai até 8 de junho e as inscrições estão esgotadas. Acompanhe o evento na íntegra pelo CFAPlay. Todo o Fórum é transmitido, ao vivo, por meio da TV e do Facebook do CFA. Confira em www.cfaplay.org.br e www.facebook.com/cfaadm. Use a hashtag #Fogesp2018 nas redes sociais e faça parte deste evento.

Assessoria de Comunicação CFA

Fechar Menu