Gestão com os olhos da alma

Gestão com os olhos da alma

Ter um olhar mais humano para as organizações. Esse é o propósito da gestão organizacional sistêmica, tema discutido na primeira edição do “Debate Qualificado” realizada na tarde desta quinta-feira, 25, durante a reunião plenária do Conselho Federal de Administração (CFA). O assunto foi apresentado pela terapeuta e gestora, Caroline Schubach de Abreu Abussafi Figueiró.

No início da palestra, Caroline falou da gratidão em estar no plenário do CFA e destacou a importância do desenvolvimento humano nas organizações sob a perspectiva sistêmica. “A constelação familiar é, hoje, aplicada em vários setores da sociedade, inclusive nas empresas”, disse.

A constelação familiar, também chamada de constelação sistêmica, foi criada por Bert Hellinger. Ele passou anos estudando as relações familiares e as organizações para identificar a origem de muitos conflitos, inclusive doenças. Suas descobertas ajudam os gestores a enxergar o contexto organizacional de forma mais humanizada e essa compreensão permite que eles encontrem soluções para conflitos pessoais e profissionais.

A proposta, segundo a palestrante, é identificar o que há por trás das relações humanas. Muitos conflitos, por exemplo, nascem dentro da família, inclusive na hora do parto. “O gestor ou o funcionário com conflitos familiares certamente vai levar para a sua organização essa energia”, explicou.

Para se ter ideia da profundidade do assunto, Caroline comentou que, de acordo com Hellinger, a empresa tem a “cara da mãe”, pois o sucesso e a prosperidade são encontrados no colo materno. Ao nascer, por exemplo, a criança vive a sua primeira experiência de confiança e aconchego. Segundo a palestrante, se o bebê foi privado disso, provavelmente encontrará dificuldades em relação a realização, ao sucesso e à felicidade.

Vencer esses conflitos é um passo importante para evoluir. Para a organização, essa gestão sistêmica traz muitos benefícios. De acordo com Caroline, um gestor com esta sensibilidade ajuda a empresa a solucionar melhor os conflitos e a equipe trabalha mais motivada.

Confira o Debate Qualificado com a terapeuta Caroline de Abreu Figueiró na íntegra no CFAPlay.

Reunião Plenária

O Debate Qualificado aconteceu durante as reuniões plenárias do CFA. Elas começaram hoje e seguem até amanhã, 26. Entre os temas apresentados no plenário da autarquia estão a apresentação do relatório do primeiro trimestre da atual gestão, julgamento de processos em grau de recurso, apreciação de projetos aprovados pelo Programa de Desenvolvimento dos Conselhos Regionais de Administração (Proder) para 2019 e a disponibilidade financeira do Sistema.

 

Assessoria de Comunicação CFA

 

 

Fechar Menu