You are currently viewing Em palestra, Adm. Mauro Kreuz fala sobre as novas DCNs da Administração

Em palestra, Adm. Mauro Kreuz fala sobre as novas DCNs da Administração

Professores, conselheiros e acadêmicos de administração prestigiaram a palestra “Os desafios para a implantação das DCNs de Administração”, que foi ministrada pelo presidente do Conselho Federal de Administração (CFA), Adm. Mauro Kreuz. O evento aconteceu no último dia 11 de março, na sede do Conselho Regional de Administração do Amazonas (CRA-AM).

As novas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) estão no  Parecer CNE/CES nº 438/2020. O documento foi homologado pelo Ministério da Educação e publicado no Diário Oficial da União no dia 13 de outubro de 2021 e, desde então, as instituições de ensino superior trabalham para se adaptarem à nova realidade.

Para o presidente do CFA, Mauro Kreuz, as DCNs inauguram uma nova fase para o ensino e aprendizagem em Administração.

“São diretrizes que vem ao encontro do mundo do trabalho, focadas fortemente em desenvolver sólidas competências em Administração e rever, de forma radical, essa lógica pedagógica ultrapassada que ainda ancoram os cursos de Administração, pelo menos em sua grande maioria”, defendeu.

O trabalho de revisão das DCNs do curso de bacharelado em Administração foi feito pela Comissão do Conselho Nacional de Educação do Ministério da Educação (CNE/MEC), com apoio do CFA e da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (Angrad). Ambas entidades acompanharam e participaram ativamente do processo de aprimoramento da Resolução CNE/CES n.º 4/2005.

Entre os destaques das novas DCNs estão a formação por competências e a prática profissional obrigatória, a fim de promover o alinhamento da teoria com a realidade laboral do futuro administrador. As Instituições de Ensino Superior (IES) terão três anos para se adaptarem às novas regras, a contar da publicação da DCN.

Durante a palestra,  Mauro fez um alerta aos presentes:

“As novas DCNS representam uma extraordinária oportunidade para redesenhar os cursos de administração.  Todavia isso implica em mudar os modelos mentais dos dirigentes educacionais e em especial dos professores que são os operadores vitais do ensino e da aprendizagem em administração.”

Para conferir a palestra na íntegra, clique aqui.

 

Ana Graciele Gonçalves

Assessoria de Comunicação CFA