“Digitalização é prioridade”, afirma secretário da Economia

“Digitalização é prioridade”, afirma secretário da Economia

O Conselho Federal de Administração (CFA) recebeu, na última quarta-feira, o especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental e secretário de Gestão do Ministério da Economia, Cristiano Heckert. Ele foi o entrevistado do ADM Entrevista, que abordou a Governança no setor público.

Ao contextualizar a Governança no Brasil, disse que tem havido evolução na área. “Em 2017 foi publicado o Decreto n.º 9203, que traz algumas medidas para melhoria da Governança no âmbito da administração pública federal. A partir desse decreto várias coisas foram criadas, como comitês de governança, e começou-se a trabalhar aspectos ligados à estratégia, liderança e controle.”

Para cada um desses pontos-chave, Heckert citou uma ação a ser desenvolvida. No âmbito da estratégia, elencou o planejamento estratégico como prioridade para orientar as ações do órgão público e as prioridades.

Em Liderança, trouxe a prática instituída pelo Decreto n.º 9727/2019 de exigência de critérios técnicos para ocupação de cargos comissionados no Governo Federal. No terceiro pilar, o de controle, mencionou a implementação da gestão de risco que, segundo o secretário, é imprescindível.  

Sobre a entrada do governo no mundo digital, Heckert afirmou que “a digitalização é uma prioridade do nosso governo”. Só nos 11 primeiros meses da atual gestão, foram digitalizados 503 serviços aos brasileiros. “Fizemos um levantamento de tudo que a administração pública federal oferta à sociedade, seja à pessoa física ou jurídica, e o comando é o de, até o final deste governo, digitalizar 100% daquilo que é passível de digitalizar”, contou.

Apesar do avanço, ainda há um longo caminho a percorrer. Em 2017, foi encaminhado ao Congresso Nacional um projeto de lei que amplia as boas práticas já adquiridas para estados, municípios e outros poderes.  

Veja tudo no CFAPlay.  

Assessoria de Comunicação CFA