CRA-PA: Chapa 1 é eleita para pleito de conselheiros regionais

CRA-PA: Chapa 1 é eleita para pleito de conselheiros regionais

A chapa 1 foi eleita nesta noite (12) para assumir o Conselho Regional de Administração do Pará (CRA-PA) – por meio de conselheiros regionais efetivos e suplentes. Realizada pelo Conselho Federal de Administração (CFA), a votação feita de forma virtual durou 22 horas e contou com 419 votos para o vencedor. Neste pleito, dois terços do colegiado foram renovados para exercerem mandatos de dois anos e dez meses para o período compreendido entre o inicio de março (2) deste ano a dezembro de 2022.


Mauro Kreuz, presidente do CFA 

Segundo a Comissão Permanente Eleitoral, o resultado foi auditado pelo analista de Segurança da Empresa Security Labs, Waldemar Nehgme, conforme prevê o edital de convocação nº 1/2019, de 15/10/2019. Entre o período de 00h às 22h – tempo estimado para a votação – não houve nenhuma intercorrência.

“Por meio da democracia, garantimos mais uma vez a livre escolha dos candidatos a futuros representantes da Administração no Pará. O voto demonstra a confiança, credibilidade e responsabilidade nas ações que deverão ser desenvolvidas pelo Regional durante a nova gestão”, afirmou Hércules Falcão.

Foram eleitos para conselheiros regionais efetivos os seguintes administradores: Fábio Lúcio de Souza Costa, Hermes da Silva Feitosa, Ivaldo Ferreira de Melo Júnior, Claudio da Silva Bitencourt Junior,  Delma Maria Sales de Souza Lopes de Oliveira e Danielle Cristina Gonzaga Correa.

Já para conselheiros regionais suplentes foram eleitos: Gilson Oliveira Reis, Caetano Cândido dos Reis Neto, Oswaldo Gomes de Souza Junior, Pedro Carlos Refkalefsky Loureiro, Elecir Maria Martins Alves D’Almeida e Romilda da Silva Uchoa.

Entenda o caso

A eleição no Regional paraense acontece após um longo período de crise no processo eleitoral realizado em outubro de 2018, quando constatou-se  uso fraudulento da base cadastral de eleitores do CRA-PA nas eleições. A investigação comprovou que o Regional computou votos de pessoas já falecidas e de pessoas com CPFs que não estão cadastrados na base de dados do Sistema CFA/CRAs, além de votos de pessoas que declararam que não participaram do sufrágio.

Em contrapartida, o plenário da autarquia decidiu intervir no CRA-PA desde fevereiro de 2019 – por meio da Junta Interventora – formada pelos conselheiros federais Amilcar Pacheco, Francisco Rogério Cristino e Marcos Kalebbe Saraiva Maia Costa. Há 1 ano a equipe têm trabalhado para restabelecer os trabalhos e corrigir os atos falhos cometidos pela gestão anterior.

Além de reorganizar os processos administrativos, o CRA-PA ganhou site novo para otimizar a comunicação com o público e uma nova sede foi inaugurada a fim de melhorar o atendimento aos profissionais de administração do estado. Além de reorganizar os processos administrativos, o Regional passou a contar com o Sistema Eletrônico de Informações (SEI), que possibilita uma gestão mais eficiente e transparente.

Assessoria de Comunicação CFA