“Conselho Federal de Administração merece a homenagem”, afirma ministro.

“Conselho Federal de Administração merece a homenagem”, afirma ministro.

A manhã desta quarta-feira foi de reconhecimento e homenagem na sede do Ministério do Trabalho, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, onde foi realizada a cerimônia de entrega da honraria Ordem do Mérito do Trabalho Getulio Vargas.

Wagner Siqueira, presidente do Conselho Federal de Administração e representante máximo da profissão no Brasil, recebeu a medalha das mãos do ministro substituto do Trabalho, Ricardo Leite. A distinção é dividida entre cinco graus. O CFA recebeu o de grande oficial, referente ao quarto nível.

A condecoração é concedida a personalidades e entidades que, direta ou indiretamente, prestaram serviços para o desenvolvimento e a modernização das relações de trabalho no país.

“Isso é produto de um trabalho realizado desde que a profissão foi estabelecida em 1965. Um trabalho construído em prol de um Brasil mais justo, mais democrático e eficiente. A profissão tem empregado uma grande contribuição e a gente recebe com muita humildade e sentimento de dever cumprido por gerações que nos seguem, pela atual geração também, mas deixando o legado para passar o bastão às novas gerações que virão na nossa profissão”, afirmou Wagner Siqueira ao compartilhar o prêmio com todos os profissionais.

A importância do trabalho desempenhado pelos profissionais de administração em prol do Brasil foi reconhecida pela ministro. “O Conselho Federal de Administração é  uma instituição que merece muitíssimo a homenagem do ministério do Trabalho  porque é através dos serviços prestados pelos administradores que a empresas prosperam e geram empregos. Por isso, o governo brasileiro, na pessoa jurídica do ministério do Trabalho, da União Federal, homenageia com muito orgulho o CFA”, diz. Ricardo Leite.

Assessoria de Comunicação CFA

Fechar Menu