Conselho Federal de Administração foi convidado a indicar nomes para a eleição 

Conselho Federal de Administração foi convidado a indicar nomes para a eleição 

Na manhã desta segunda-feira, 26, a Organização Latino Americana de Administração (OLA) realizou uma assembleia on-line para a eleição da nova gestão que conduzirá a OLA até 2022. 

O Conselho Federal de Administração (CFA) foi representado pelo diretor da Câmara de Relações Internacionais e Eventos (CRIE), Gilmar Camargo, e pelo conselheiro federal pelo Rio Grande do Sul, Rogério Bohn, ambos indicados pelo presidente do CFA, Mauro Kreuz. 

Após a apresentação das chapas e da concretização da votação, Hector Stoppini foi reeleito como presidente da Organização. Ele é licenciado em Administração na Argentina e representa o Colégio de Profissionais de Mendoza, cidade localizada no Centro-Norte da província de mesmo nome, a cerca de mil quilômetros da capital, Buenos Aires.

Gilmar Camargo foi eleito vice-presidente da região Sul da OLA e Rogério Bohn será membro da junta diretiva da Organização, coordenando, também, o comitê de eventos. “O fato de o CFA ter voltado a participar da OLA e agora fazer parte da diretoria dessa nova gestão contribui significativamente para o nosso referencial. Nós já temos muitas referências próprias por conta das nossas iniciativas, como o Observatório Nacional dos Egressos em Administração (Onecad), a pesquisa do Perfil Profissional do Administrador realizada pelo CFA e o Índice de Governança Municipal. Além disso, temos as ações e observações feitas pelos conselhos regionais, mas nós precisamos de comparativos, de trocar experiências, de realizar intercâmbios”, afirmou Camargo. 

Para ele, ficará mais fácil, a partir de agora, afinar essa interação e será possível estabelecer parcerias e trabalhos conjuntos em busca de soluções para os problemas na área de Administração, de fomentos para uma melhor formação dos profissionais e de solução para o mundo empresarial. 

A OLA foi criada em Porto Alegre, em 1983, e está representada em todo o continente americano, desde o México até a Argentina. A proposta apresentada pela nova diretoria é a  de promover o desenvolvimento de novos líderes jovens da OLA, na América Latina e no Caribe. Para isso, montou uma proposta de trabalho que engloba, entre outros compromissos, o fortalecimento profissional; a melhor comunicação, focada no marketing digital; o fortalecimento institucional e a globalização da OLA; o desenvolvimento científico e acadêmico da Administração e desenvolvimento e incentivo aos empreendedores e às empresas da América Latina e Caribe.  

Elisa Ventura 

Assessoria de Comunicação CFA