Conheça a história do trabalho de recuperação do Regional paraense

Conheça a história do trabalho de recuperação do Regional paraense

“Gestão profissional levada a sério”. Foi com essa frase que o jornalista do Conselho Federal de Administração (CFA), Paulo Melo, começou a live desta quarta-feira, 15. O convidado foi o administrador e conselheiro federal Amílcar Pacheco, que compartilhou com o público a história de recuperação do Conselho Regional de Administração do Pará (CRA-PA).

A história do regional pode ser dividida em antes e depois da Junta Interventora. Após uma série de ações fraudulentas, o plenário do CFA decidiu pela intervenção. Na investigação realizada pelo federal ficou comprovado a realização de muitas irregularidades no banco de dados do CRA-PA, e isso interferiu diretamente no resultado das eleições de outubro de 2018.

No início de 2019, uma Junta Interventora foi composta para tomar a frente da gestão do CRA-PA. Amílcar conta que alguns conselheiros do CFA indicaram seu nome para liderar a missão. “No debate de quem vai e quem não vai, ficou decido que a equipe seria composta, ainda, pelos conselheiros Francisco Rogério Cristino e Marcos Kalebbe Saraiva Maia Costa. A partir de então, senti total confiança para assumir o desafio”, disse.

Quando a Junta chegou no Pará juntamente com alguns colaboradores do CFA, a situação do regional era assustadora. Amílcar comenta que a estrutura física da sede do CRA estava em péssimas condições, inclusive o local era insalubre para o trabalho.

Entre as muitas mudanças que foram feitas no local estão a mudança da sede – que foi inaugurada em novembro de 2019 -, a criação do Portal da Transparência, o CRA também ganhou novo site, houve a implantação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) e o banco de dados foi totalmente organizado.

Amílcar explica que o sucesso do trabalho é fruto do trabalho em equipe. “Fizemos um trabalho liderado pelo presidente do CFA, Mauro Kreuz. A Junta foi um time que executou a gestão compartilhada, onde todas as decisões foram tomadas junto”, afirmou.

A força tarefa de recuperação do CRA-PA teve, ainda, a participação de colaboradores de vários setores do CFA: auditoria, jurídico, TI, superintendência, comunicação e administrativo. Amílcar lembrou, ainda, do apoio da administradora Maria Buchalle, atual conselheira federal pelo Pará. 

O trabalho da Junta Interventora terminou em março, com a diplomação de posse dos novos conselheiros regionais do CRA-PA, eleitos em fevereiro. “Iniciamos uma nova era que terá continuidade com a nova diretoria liderada pelo administrador Fábio Lúcio”, finalizou o conselheiro.

A live estará disponível no Instagram do CFA (@cfaadm) por 24 horas.

 

Ana Graciele Gonçalves

Assessoria de Comunicação CFA