CFA-Gesae é apresentado para futuro governo de Minas Gerais

CFA-Gesae é apresentado para futuro governo de Minas Gerais

Membros dos Conselhos Federal e Regional de Administração de Minas Gerais (CRA-MG) se reuniram com o governador eleito, Romeu Zema, nesta terça-feira, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte.

O encontro foi agendado para a apresentação do CFA-Gesae e do diagnóstico do saneamento básico no estado ao novo governo. O vice-presidente eleito, Paulo Brant, também assistiu à apresentação. Zema agradeceu e reafirmou a importância de ações como a do Sistema CFA/CRAs para vencer os desafios da gestão pública.

O presidente do Conselho Federal de Administração, Wagner Siqueira, afirmou durante o evento que o objetivo do Sistema CFA/CRAs é galgar espaço para os profissionais de administração no setor. “Nós precisamos mostrar todas as contribuições que a profissão pode dar”, enfatizou.

O encontro foi realizado na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, e contou, ainda, com as presenças do presidente do CRA-MG, Antônio Eustáquio Barbosa e do conselheiro regional do CRA-MG, Gilmar Camargo de Almeida.

Raio X do saneamento em Minas

 Segundo o relatório explicado aos presentes pelo idealizador da ferramenta, o administrador José Chaves, sete milhões e meio de mineiros não têm acesso a serviços públicos de água potável; nove milhões e cem mil não têm acesso a serviços públicos de esgotamento sanitário e 26,4% da água tratada é perdida no estado.

Entre as recomendações do CFA para as políticas públicas para a universalização dos serviços estão: parcerias público-privadas para esgotos de municípios independentes com e sem a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa); incentivo à gestão por meio de consórcios intermunicipais de esgoto; criação de estratégias para melhoria da eficiência social da Copasa e posicionamento estratégico da companhia como alavancadora da Política Estadual de Saneamento para todos os mineiros.

Futuro governador

Romeu Zema é administrador formado pela Fundação Getúlio Vargas. O próximo governador de Minas Gerais foi eleito com mais de 71% dos votos válidos e liderou a votação na capital, Belo Horizonte, e em mais 32 de 33 principais cidades do estado, segundo o TSE.

O mineiro de Araxá é empresário e assumiu o comando do Grupo Zema em 1991, rede de varejo composto por empresas que operam em cinco ramos: Varejo de Eletrodomésticos e Móveis, Distribuição de Combustível, Concessionárias de Veículos, Serviços Financeiros e Autopeças, com atuação em Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Bahia e Espírito Santo.

Assessoria de Comunicação CFA

Fechar Menu