Objetivo da parceria é promover a formação adequada de estagiários

Objetivo da parceria é promover a formação adequada de estagiários

Presidente do CFA, Mauro Kreuz, assina termo de parceria com MPT.

Na manhã desta terça-feira, 23, o presidente do Conselho Federal de Administração (CFA), Mauro Kreuz, e o diretor de Fiscalização e Registro da autarquia, Carlos Alberto Ferreira Júnior, estiveram na Procuradoria Geral do Trabalho, em Brasília, para participar de reunião com membros do Ministério Público do Trabalho (MPT). Durante o encontro, o CFA assinou Acordo de Cooperação Técnica com o MPT para promover a formação adequada de estagiários e combater fraudes.

Para o presidente do CFA, a autarquia marca “um gol de placa” ao firmar parceria com o MPT. “Estagiário não é empregado e estagiário de administração deve aprender e praticar administração, sob a supervisão de um Administrador registrado no CRA do seu estado ou do DF”, disse Mauro Kreuz.

Por meio do acordo, o CFA assume o compromisso de informar ao MPT quando encontrar possíveis irregularidades em estágios na área da administração. Dessa forma, os órgãos querem garantir a adoção de medidas – seja por meio da fiscalização ou de termos de ajustes de conduta – em eventuais casos de irregularidades em contratos de estágio.

O acordo também abrangerá a realização de palestras, cursos, seminários ou encontros para a troca de conhecimentos sobre modos de atuação e metodologia de trabalho.

 

 

 

Assessoria de Comunicação CFA

Fechar Menu