CFA atua em defesa dos administradores aprovados em concursos públicos

CFA atua em defesa dos administradores aprovados em concursos públicos

O Conselho Federal de Administração (CFA) enviou hoje um ofício ao ministro da Saúde, Gilberto Magalhães Occhi, solicitando a determinação de nomeação dos administradores concursados a cargos públicos.

“O Conselho Federal de Administração está acompanhando o processo judicial nº. 0030295-94.2013.4.02.5101, em curso na 3ª Vara Federal do Rio de Janeiro onde a União Federal já foi efetivamente condenada e ora em fase de execução, e vem sendo cobrado a imediata implementação das medidas determinadas pelo M.M. Juízo no processo, no que tange a imediata contratação dos 807 (oitocentos e sete) candidatos aprovados e classificados nos certames dos editais 50/2009 e 56/2009, especialmente dos 56 Administradores cuja aprovação foi feita nos certames mencionados”, diz o documento.

A autarquia também cobrará, oficial e publicamente, o cumprimento das ordens judiciais já determinadas e enviou outro ofício, também nesta terça-feira, ao juiz da 3ª Vara Federal da Seção Judiciária do Rio de Janeiro, Fábio Tenenblat. Nele, o CFA se coloca à disposição na condição de “amicus curiae” para fiscalizar e cobrar a imediata implementação das medidas já determinadas pela Justiça no referido processo.

Como órgão responsável pela fiscalização da profissão, o objetivo do CFA é defender os interesses dos profissionais de administração aprovados nesses concursos públicos conferindo imediata posse aos aprovados.

Assessoria de Comunicação CFA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu