Workshop discute gestão pública e boas práticas para os municípios baianos

Workshop discute gestão pública e boas práticas para os municípios baianos

A possibilidade de debater boas práticas de gestão no auxílio às decisões municipais já é uma realidade no Brasil, por meio do Workshop de Gestão Pública – capitaneado pela Câmara de Gestão Pública (CGP) do Conselho Federal de Administração (CFA). A Bahia foi o décimo primeiro estado a receber a capacitação que começou em abril deste ano. O evento aconteceu entre os dias 10 e 11, terça e quarta-feira, em Salvador (BA).

O Workshop contou com a participação de 46 profissionais registrados e em dia com o Regional baiano (CRA-BA). Um dos capacitados foi o delegado da Seccional de Itabuna, município da Bahia, Hélio Dênio Filho. Para ele, “o evento veio para fortalecer e engrandecer os profissionais pelo conteúdo e, principalmente, pela forma de utilização da nossa profissão como consultor e assessor na área da Gestão Pública”, disse.

Segundo o diretor da CGP, Fábio Mendes Macêdo, o programa busca a qualificação da gestão pública do país. “A capacitação se constitui em um poderoso instrumento de inserção profissional na esfera pública, seja na atuação como assessores técnicos ou como consultores municipais. E para isso, devemos estar prontos e capacitados em prol da gestão eficiente deste país”, ressaltou o diretor.

Estados como Paraná, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Goiás, Rio Grande do Sul, Piauí, Alagoas, Amapá, Minas Gerais e Espírito Santo – já receberam o Workshop de Gestão Pública.

Gestão Municipal

Na ocasião, o Índice de Governança Municipal (IGM-CFA) também foi apresentado aos prefeitos, gestores e profissionais de Administração que estavam no Workshop. A ferramenta foi elaborada com base em dados oficiais brasileiros e tem como característica principal o acesso a dimensões de governança pública, em especial para os âmbitos fiscais, de gestão e desempenho.

Além de auxiliar os gestores municipais a realizarem um diagnóstico em diversas áreas do município, o índice também permite um melhor planejamento e a priorização das políticas públicas municipais. O objetivo é capacitar os profissionais de administração para atuarem na governança pública, com foco nos municípios.

Fábio Mendes Macedo também acrescentou que “é necessário entender que só podemos tomar decisões com o uso de dados e informações, e o IGM está à disposição para ajudar no que precisar – permitindo um melhor planejamento e priorizando as políticas públicas municipais”, concluiu.

III Fórum de Gestão Pública

Ainda em Salvador (BA) aconteceu, também, o III Fórum de Gestão Pública, que discutiu a inovação do segmento – levando em consideração as reflexões, proposições e networking para todos aqueles interessados no tema. Durante o evento, foram apresentados aos gestores e prefeitos municipais os formandos do Workshop de Gestão Pública, capacitados para auxiliar na gestão dos municípios.

Assessoria de Comunicação CFA