Síndrome de Burnout – Qual é o nível do seu cansaço? 

Síndrome de Burnout – Qual é o nível do seu cansaço? 

Em meio a uma rotina cheia é normal que ao chegar no fim do dia nos sintamos cansados e até exaustos. Mas quando isso passa a ser frequente é preciso ligar o alerta. A Síndrome de Burnout também conhecida como Síndrome do esgotamento social tem atingido cada vez mais pessoas, principalmente em tempos de pandemia e isolamento.

É caracterizada, entre outros, pelo cansaço extremo provocado pelo excesso de trabalho. Helloá Regina Castro passou por isso e compartilhou a sua história na última live promovida pelo Conselho Federal de Administração (CFA). 

Formada em administração, a servidora à época sonhava com a tão cobiçada estabilidade. Aprovada em vários concursos, começou sua jornada até que a doença a parou. 

“Teria feito muita diferença se a minha chefia tivesse o mínimo de conhecimento sobre a Síndrome de Burnout e tivesse tido outra reação quando eu conversei com ela. Isso poderia ter feito com o que a minha recuperação fosse muito mais rápida”, afirmou. 

Desconhecida de muitas pessoas e até médicos, a síndrome acomete 32% dos trabalhadores no Brasil, o que equivale a 33 milhões de pessoas, segundo a Isma Brasil. O impacto econômico causado pela falta de produtividade – gerada pela exaustão – resulta em  um prejuízo de 3,5% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro. 

A criadora da página Vencendo o Burnout conversou com internautas e também deu orientações e dicas de livros para quem está enfrentando a doença ou conhece alguém que esteja. 

A conversa está imperdível e você pode acessá-la no Instagram do CFA em @cfaadm.

Assessoria de Comunicação CFA